Pense!

raulseixas.jpg” Tô terminando a prestação do meu buraco, do
Meu lugar no cemitério pra não me preocupar
De não mais ter onde morrer.
Ainda bem que no mês que vem,
Posso morrer, já tenho o meu tumbão, o meu tumbão!”

Esse é um trecho da música É fim de mês do gênio Raul Seixas. Parem um pouco, pensem e comentem!

“Eu consultei e acreditei no velho papo do tal psiquiatra
Que te ensina como é que você vive alegremente,
Acomodado e conformado de pagar tudo calado,
Sem bancar o empregado sem jamais se aborrecer…”

Letra também retirada da música É fim de mês. A frase em negrito é a perfeita definição do brasileiro!! Raulzito já dizia a muito tempo o que deveriamos fazer, mas nunca fizemos. Acho que está na hora de não ficarmos mais acomodado e conformado de pagar tudo calado……

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: